skip to Main Content
Saiba Qual é O Melhor Regime Tributário Para A Sua Transportadora Na Hora De Declarar O IRPJ!

Saiba qual é o melhor regime tributário para a sua transportadora na hora de declarar o IRPJ!

O setor de transporte de cargas já tem muito peso para carregar por aí, e o IRPJ não precisa ser mais um!

A vida do empresário dono de uma transportadora já é cheia de percalços, preocupações, imprevistos e gastos. 

Mas, sejamos um pouco realistas: percalços, preocupações e imprevistos ocorrem em qualquer área do mercado, e devemos estar sempre preparados para as diferentes situações que podem acontecer.

Porém, em relação aos gastos, podemos ajudar você, dono de empresas de transporte de cargas, a ter um pouco mais de alívio. 

Além dos custos com a compra e manutenção dos automóveis, e o pagamento do combustível, existem os impostos pagos ao governo, como o IRPJ.

Nós entendemos bem o aperto que algumas transportadoras podem passar para, de fato, identificarem qual é a melhor forma de pagar esses encargos, e não ver o lucro do negócio reduzido por causa das taxas. 

Por isso, trouxemos este texto! Hoje, você vai entender, de uma vez por todas, qual é o melhor regime tributário para a sua empresa!

Confira Nossas Especialidades

Neste caso, vamos primeiro entender melhor o que é o IRPJ!

O IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica) é um encargo pago, trimestralmente ou anualmente, ao governo por pessoas jurídicas, empresas – registradas ou não -, e até empresas estatais.

Para a realização dessa declaração, existem algumas modalidades que podem ser escolhidas pelo empresário. São elas:

  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido;
  • Simples Nacional.

Se a sua transportadora é uma empresa de pequeno porte, provavelmente, o Simples Nacional é o seu caso. 

Esse regime é permitido para empresas com receita bruta de até R$ 3,6 milhões, caracterizando-se por ser uma tributação mais simples, com encargos já incluídos nas notas fiscais emitidas e paga em boleto. 

Além disso, as alíquotas podem variar entre 4,5% e 16,93%.

Contudo, em muitos casos, a opção por uma das duas outras formas, lucro presumido e lucro real, pode ser mais viável para o seu negócio.

Vamos entender qual dos dois regimes pode ser melhor para a sua transportadora!

O lucro real é cobrado a partir do resultado do lucro líquido do seu negócio. Dessa forma, é mais difícil ocorrer falhas em relação aos valores, reduzindo o risco de pagamentos de encargos a mais do que o devido.

Devido a isso, os valores pagos no imposto variam de acordo com os resultados da transportadora no período analisado, inclusive, com a possibilidade de não pagar nada ao governo em caso de prejuízo no exercício.

Ajustes sempre podem ser feitos posteriormente para corrigir essas disparidades, mas a complexidade e burocracia existente nessa forma de tributação pode demandar mais atenção – e deixar todo o processo bem mais cansativo.

O lucro presumido é mais simplificado e tem os cálculos efetuados a partir da receita bruta da sua transportadora!

O lucro presumido estipula uma margem de lucro pré-fixada por lei e, mesmo que o seu lucro seja, em algum período, maior do que a margem determinada, o valor a ser pago será o mesmo. 

Porém, da mesma forma, se o lucro for menor do que o esperado, o valor também se manterá o mesmo. 

A alíquota do lucro presumido é de 8% no caso das empresas de transporte de cargas.

O assunto não é dos mais simples, mas há decisões que empresários não têm como fugir…

Por isso que você, dono de transportadora, precisa ter atenção e calma na hora de definir o melhor regime de tributação para a sua empresa.

Conte sempre com a ajuda de um profissional contabilista para tirar dúvidas, e obter mais informações importantes para a estabilidade do seu negócio!

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Arabescos! Somos uma contabilidade para transportadoras no Ipiranga – SP.

Siga-nos no Facebook: @contabilarabescos

Sucesso e até a próxima!

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Summary
IRPJ: como escolher o melhor regime para sua transportadora?
Article Name
IRPJ: como escolher o melhor regime para sua transportadora?
Description
O setor de transporte de cargas já tem muito peso para carregar por aí, e o IRPJ não precisa ser mais um!
Author
Publisher Name
Arabescos
Publisher Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *